Brasil
Brasil

Dar um feedback eficaz é parte essencial da comunicação de uma empresa. Com um feedback feito da maneira certa, é possível incentivar ações, motivar os colaboradores, corrigir comportamentos e melhorar os resultados finais.

Mas muitos líderes não sabem como fazer isso. Como não ofender o profissional? Como garantir que os objetivos serão cumpridos?

Por isso, no post de hoje reunimos algumas dicas de como dar um feedback eficaz. Confira!

Dê feedbacks periodicamente

Para que um feedback seja realmente eficaz, é melhor que ele não seja um caso isolado – ou seja, a equipe deve estar acostumada a ter seu trabalho analisado e comentado de tempos em tempos. Receber elogios e orientações é sempre importante para manter o bom andamento do trabalho. Procure dar feedbacks mensalmente ou de três em três meses.

Preocupe-se com o contexto

Muitos líderes preferem esperar pela melhor hora de chamar a atenção sobre um comportamento e acabam deixando que ele prejudique demais a equipe. Preste atenção nisso para não permitir que todo o projeto seja prejudicado e dê o feedback assim que puder.

Escolha o ambiente ideal

Você não pode dar um feedback eficaz em um lugar cheio de barulhos e interrupções, com pessoas entrando e saindo a todo momento. Escolha um ambiente mais privado – que pode ser uma sala de reunião, o terraço da empresa ou um café perto do trabalho, dependendo de qual for o seu estilo como líder.

Tenha um objetivo claro

Quando damos um feedback, nosso objetivo pode ser apenas um desses: melhorar ou reforçar um comportamento. Para dar um feedback eficaz, concentre-se no seu objetivo e gire toda a conversa em torno dele.

Coloque-se no lugar do outro e pense em como ele se sente nessa situação. Ele deve estar confortável e entender que a conversa é para que ele e a empresa possam crescer. Não use o feedback para massagear seu ego.

Aponte evidências

Frases genéricas não levam a lugar algum: você deve mostrar fatos palpáveis para provar seu ponto. Não baseie a conversa em suas interpretações, mas sim no que você viu, ouviu e pode mostrar. Por exemplo, em vez de dizer que o colaborador não parece comprometido com o projeto, fale que ele entregou todos os relatórios atrasados.

Concentre-se no comportamento

A melhor forma de não transformar esse momento em uma conversa pessoal demais é se concentrar no comportamento e não no indivíduo. Ou seja, deixe claro que seu problema não é com a pessoa, mas sim com o que ela fez.

Você pode usar a técnica sanduíche para fazer isso: diga algo positivo sobre a pessoa (“sei que você se importa com esse projeto”), depois faça sua crítica (“mas você falhou em alguns prazos nos últimos meses”) e encerre com algo positivo (“sua participação é muito importante para a equipe”).

Procure por soluções para um feedback eficaz

Para garantir que seu feedback foi eficaz, ao final da conversa, certifique-se se o colaborador entendeu sua intenção, concorda com o que você disse e está disposto a mudar, se for o caso. Depois disso, vocês devem procurar por soluções juntos.

Às vezes, só o profissional precisa alterar seu comportamento. Em outras, a empresa também deve fazer algumas modificações. É uma questão de chegar a um consenso sobre o que é melhor para todos.

Seguindo essas instruções, você estará pronto para dar um feedback eficaz, sem enrolação ou drama, e pode contribuir para o desenvolvimento de seus colaboradores!

O que achou dessas dicas? Se quiser ler mais sobre desenvolvimento pessoal e profissional, acompanhe a gente no Facebook!

The post Será que você sabe como dar um feedback eficaz para colaboradores? appeared first on Blog da Ticket.