Brasil
Brasil

Combustível também ficou 35% mais caro no Pará, enquanto no recorte regional o Amazonas registrou o litro mais elevado do etanol.